7/09/2009

Vou pedir aconselhamento jurídico

7 comentários:

RM disse...

olá , descupa a invasão , mas desde que a tua noticia passou que senti uma curiosidade e decidi ir-te seguindo .
Acho fenomenal o teu modo de escrever e acima disso a forma genuína do teu amor pela suposta Inês ..
O meu conselho é que não desistas , porque se ela for uma pessoa mercedora dessa pureza irá de certeza entregar-se a todo o teu amor .~

Felicidades *

Inês disse...

Eu fico à espera do sucesso da peça, que tanto tu mereces.

Anónimo disse...

Henry Miller tb é literatura, e está muito mal cotado nesta sociedade consumista.

Anónimo disse...

Jah conseguistes imaginar uma funcionária pública quarentona mamuda a ler H.Miller?... eu também não.

F. disse...

RM:

O destino da Inês foi já escrito pelas estrelas. Também o nosso está traçado!

InÊs: A PEÇA NÃO É MINHA!!!

EM MINHA OPINIÃO, ABUSIVAMENTE SERVEM-SE DO MEU VERSO PARA FAZER TEATRO.

O que estou fazendo eu é bem real.

Anónimo:

Nunca a imaginação me levou para o regaço dum dessas funcionárias

Inês disse...

Ai que assim fico confusa...

diana disse...

Se tivessem estabelecido diálogo contigo antes de utilizarem o verso, talvez se evitasse essa tua linguagem...