9/18/2009

bora lá tomar um café...

Então, linda... Diz qualquer coisa! A sério! Não precisas de me dar nenhum contacto teu e assim não terei forma de te "perseguir", "embaraçar" ou de qualquer modo tolher ou coarctar o teu quotidiano. Juro! Apenas quero tomar um café e falar contigo: dispensa-me uma hora.

Vá lá! Não é que te culpe de alguma coisa, ou sequer te responsabize pelo que foi ou venha a ser, mas eu andava "descansadinho" na vidinha do costume, sem rasgo ou golpe d'asa, mas também sem delírios ou achaques, andava -digo-te - dia após dias, casa-trabalho-casa, até que do nada apareceste tu e viraste a minha vida de pernas para o ar. Ou quis virá-la eu, é certo...

Não digo, sequer, que tenha sido propositado, mas sucedeu assim: trocámos palavras que não deveriam ter sido, provavelmente, ditas mas que o foram! Desde então não descansei mais: quero terminar a conversa que iniciámos em Janeiro. Só.

Tu conheces-me: não mordo, a não ser a pedido... Vamos tomar esse café, pôr as cartas na mesa e seguir em frente. Eu preciso de seguir seja em frente ou noutra direcção qualquer... Ando há meses nisto e não te cobrando nada, peço-te apenas o seguinte: toma um café comigo. Troca uma hora por 10 anos.

7 comentários:

Anónimo disse...

Não sei como foi a vossa relação ou que lhe terás feito tu, mas partindo do princípio que não serás assim tão má pessoa, se calhar a Inês até devia tomar café contigo. Tens feito para o merecer

Rute disse...

Tens feito mais do que merecer um café, mas como nunca foste de dar ouvidos a ninguém...

Eternity disse...

concordo com a Rute... dps de tudo o que já fizes-te mereces mais do que um simples café! continua a procurar e segue o teu coração!

F. disse...

talvez a miuda tenha emigrado, não sei...

Fred disse...

Se o teu coração te continua a dizer para a procurares acho que o deves fazer. Que tipo de seres seremos nós se não procurarmos a felicidade eterna?

Perdi o amor da minha vida à 1 mês atrás... terá sido amor a mais? Cansaço? Não sei... Se vou esperar por ela? Vou. Irei atrás dela se for necessário? Irei.
Até o meu coração me indicar outro caminho ela continuará a ser o meu azimute.

Penso que deves fazer o mesmo :)

Mademoiselle disse...

Não desistas!

Anónimo disse...

ouve a rapariga não está para cafés. É tudo muito romantico mas parece-me que estás a ficar um nadinha obsecado, de bloguer para bloguer: Get over her