11/02/2009

E com este são já 300 os dias que te procuro.
Vamos viver ao invés as 1001 noites?

10 comentários:

A rapariga que roubava livros disse...

" Dizem que é a canção final de quem nos tenta ignorar, mas só é a canção finam se nós quisermos deixar"

Por isso já sabes, a Inês vai aparecer! =)

Já agora: http://www.youtube.com/watch?v=pgk360PZJ7w

F. disse...

talvez

F. disse...

Não! sei de certeza

F. disse...

Assim será!

A rapariga que roubava livros disse...

Assim será Faust!

Houdini disse...

Na te metas com os planetas lentos, eles só entram em trígono cada 50 anos. Tenta a astrologia regressiva, aquela em que 50 anos correspondem a 50 dias a contar do nascimento. Dá muito mais margem de manobra.

F. disse...

Houdini:

Falas de progressões secundárias, não de astrologia regressiva... é isso'

Houdini disse...

isso isso,

estava eu aqui a querer ensinar a missa ao bispo

regressões é outra coisa, dentro das terapias alternativas

as progressões secundárias a meu ver dão-nos o panorama geral, sem aquele stress de se estar à procura de crises ( ah muita gente que não sabe mas "crise" em chinês
tem dois caracteres, blá blá blá)

provavelmente até descobrirás uma pequena Inês ou crise, aí por volta do mês de vida, uma coisa em zoom invertido, só que essa Inês ainda não te conhecia, e poderás estudá-la como se fosse a primeira vêz.

F. disse...

Houdini:

Precisamente, não devemos ter grande confiança em bispos, padres ou qualquer tipo de sacerdote seja de que paróquia for...

F. disse...

mas acabo por retomar o tema da justificação astrológica desta Demanda