7/26/2010

Não me apetece fazer nada!

Está demasiado calor para fazer seja o que for. E, claro! Confesso-te: duvido que te volte a ver. Já tiveste tanto tempo para sair das brumas, desejada Inês... e até hoje nada. Até sempre?

1 comentário:

A rapariga que roubava livros disse...

O vento mudou e ela não voltou!

http://www.youtube.com/watch?v=S-1aFoAAhEc